Está aqui

Vinho e as receitas do mar em “maridagem” na dieta mediterrânica

Separadores primários

O casamento entre deliciosas receitas da região e os vinhos algarvios são o mote inspirador de uma nova brochura que será lançada pela CCDR Algarve sábado, dia 6 de setembro, pelas 19h00, durante a 2ª Feira da Dieta Mediterrânica, a decorrer na baixa de Tavira.

Ao longo dos três dias, a feira vai contar com um mercado de produtores, passeios no território, colóquios, oficinas de gastronomia, degustações de produtos, música, exposições, entre outras actividades.

Segundo o presidente da CCDR, David Santos, o Algarve destaca-se por elevados padrões de qualidade de vida, dentro dos princípios da Dieta Mediterrânica onde se associa os produtos do mar e da terra e onde se produz vinhos de qualidade. Cumpre a todos promover os nossos produtos “Made in Algarve” e em particular os ligados à nossa rica gastronomia. A Feira é uma montra por excelência e abre .um vasto leque de oportunidades e de partilha deste património imaterial diversificado que é o “estilo de vida mediterrânico”, adianta o presidente.

Sabia que o  choco guisado de Aljezur casa bem com o João Clara branco de 2013?  Que os percebes de Sagres com o Marquês dos Vales blanco noir de 2013? o arroz de lingueirão com o Herdade dos Pimentéis branco?os choquinhos com tinta à algarvia devem ser acompanhados com o Quinta dos Salicos tinto 2012? as lulas com ferrado com a Quinta da Horta Nova?  Estes e outros exemplos constam na brochura onde  cada prato liga com um vinho em perfeita harmonia. 

A Comissão Organizadora, composta pelo Município de Tavira, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, Turismo do Algarve, Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António e a Associações In Loco.

A publicação contou com a pesquisa da Confraria dos Gastrónomos do Algarve e o financiamento da EuroRegião Alentejo - Algarve - Andaluzia.

A Feira realiza-se pelo segundo ano consecutivo e conta com o apoio da CCDR Algarve e do PO Algarve 21.