Está aqui

Requalificação de loteamentos industriais de Loulé com financiamento comunitário assegurado

Separadores primários

A Área Empresarial de Loulé (AEL) apresentada no passado dia 12 de setembro, resulta de um aglomerado de loteamentos industriais existentes que serão transformados num mega condomínio para empresas, com o apoio de uma candidatura aprovada pelo PO Algarve 21.

A operação visa a qualificação das infraestruturas de apoio à AEL, gestão da área, promoção da imagem para captar mais investimento, a dinamização e internacionalização das empresas existentes.

O investimento no montante de 1,15 milhão de euros é comparticipado a 70 por cento pelos fundos europeus do FEDER, enquanto os restantes 30 por cento são assegurados pela Câmara Municipal de Loulé e Associação Empresarial da Região do Algarve (NERA) e irá realizar-se nos próximos dois anos.

Segundo o gestor do PO Algarve 21, David Santos «esta foi uma candidatura bem pontuada. Até poderia ter sido só a Câmara Municipal de Loulé a concorrer mas não foi o caso porque o NERA é parceiro, tal como o fez com uma outra candidatura conjunta para a promover a inovação e a incorporação de conhecimento nos 16 concelhos do Algarve, objetivo principal do projeto ‘Algarve 2015 Empreender e Inovar +’, lançado, dia 16 de Julho, na Universidade do Algarve».

«É completamente diferente termos 120 empresas da AEL a irem individualmente a uma feira internacional ou ir uma entidade que representa todas. É uma economia de escala incomparável», comentou o gestor.

«Esta é uma solução que poderá ser aplicada noutras áreas empresariais do Algarve», disse David Santos que defendeu uma aposta na ligação entre as universidades e as empresas no sentido de criar valor acrescentado. Queremos essa mais-valia aqui porque não é só uma mais-valia em termos económicos. Tem também uma importância social, porque cria emprego e ajuda a combater a sazonalidade. Acreditamos que a competitividade futura da Região passa pelo reforço das parcerias».

Ao referir-se à plataforma Algarve Acolhe, uma ferramenta web de apoio aos investimentos desenvolvida pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, salientou que poderá contribuir para aumentar a visibilidade da AEL e das mais de 70 áreas de localização empresarial existentes na região. O futuro do www.algarveacolhe.com poderá passar numa lógica de colaboração, por trazer os “players” interessados para uma solução que permita a atualização regular e partilhada dos conteúdos do site, afirmou.