Está aqui

Relatório Anual 2013 apresenta recuperação na Mobilidade e Transportes na Região do Algarve

Separadores primários

Complementarmente às análises trimestrais desenvolvidas pelo Observatório das Dinâmicas Regionais da CCDR Algarve, a observação dos dados do Ano de 2013 permite abordar, de uma forma temporalmente mais abrangente e integrada, as variações ocorridas nos fluxos e nos tráfegos regionais. A análise das variações observadas no ano anterior (2012) e nos últimos quatro anos (desde 2009) vem demonstrar um melhor enquadramento, perspectivas e entendimentos de carácter mais estrutural sobre os fluxos e os tráfegos na Região do Algarve.

A análise combinada das variações inter-anuais (2013/ 2012) e quadrienais (2013/ 2009) permite constatar algumas alterações significativas no que respeita à situação verificada no final de 2012. Destacam-se, as recuperações no movimento de passageiros no Longo Curso ferroviário e no sistema ferroviário regional, bem como nos Tráfegos Médios Diários na A2. Por outro lado, a acentuada e prolongada diminuição do tráfego na A22 (notória sobretudo desde finais de 2011) apresenta sinais de inversão, visíveis nos valores positivos para os dois últimos trimestres de 2013. Ao contrário dos valores para o movimento de passageiros no transporte colectivo rodoviário intra-regional.

Como nota positiva, registe-se que o movimento de passageiros nas ligações inter-regionais (os expressos), apesar de apresentar valores ligeiramente inferiores aos de 2012, é ainda assim superior ao que se registava em 2009.

A configuração de segurança do navegador não permite a execução automática de operações de copiar.

Consulte aqui o boletim completo sobre Mobilidade e Transportes